Arquivo da categoria: croácia

A mulher lobo

Havia um moinho encantado, de modo que ninguém poderia ficar lá perto, porque uma mulher lobo o assombrava.  Um dia, um soldado foi para o moinho para dormir. Ele fez uma fogueira na entrada do moinho, subiu ao sótão, e viu um buraco no piso do chão, que dava para a entrada.

A pele está pendurada lá

A loba entrou e olhou em volta, para ver se podia encontrar algo para comer. Ela não encontrou nada, e depois foi em direção ao fogo, e disse: “Sai pele! Sai pele! Sai pele! Sai pele!”.  Ela levantou-se em cima de suas patas traseiras, e sua pele caiu. Ela pegou a pele, e pendurou em um cabide, e fora da pele do lobo surgiu uma moça. A moça foi para perto do fogo, e adormeceu ali.

Ele desceu do sótão, pegou a pele, pregou ela rapidamente na roda do moinho, e em seguida, entrou, gritando por ela, e disse: “Bom dia moça! Como você está?”

Ela começou a gritar, “Venha pele! Venha pele! Venha pele!”  Mas a pele não poderia vir, pois estava pregada.

O par se casou e tiveram dois filhos.

Assim que filho mais velho soube que sua mãe era um lobo, disse a ela: “Mamãe! Mamãe! Ouvi dizer que você é um lobo.”

Sua mãe respondeu: “Que absurdo você está falando! Como você pode dizer que sou um lobo?”

O pai das crianças foi um dia lavrar no campo, e seu filho disse: “Papai, deixe-me ir com você.”

Seu pai disse: “Venha”.

Quando eles foram para o campo, o filho perguntou ao pai: “Papai, é verdade que a nossa mãe é um lobo?”

O pai disse: “É.”

O filho perguntou: “E onde está a sua pele?”

Seu pai disse: “Aí está, pregada na roda do moinho.”

Mal o filho chegou em casa, que ele disse uma vez à sua mãe: “Mamãe! Mamãe! Você é um lobo! Eu sei onde é sua pele.”

Sua mãe lhe perguntou: “Onde está a minha pele?”

Ele disse: “Há, na roda do moinho”.

Sua mãe lhe disse: “Obrigado, meu filho, por me salvar.” Então ela foi embora, e nunca foi se ouviu dela”. (1)


 

  • Fonte original: A. H. Wratislaw, Sixty Folk-Tales from Exclusively Slavonic Sources (London: Elliot Stock, 1889), pp. 290-291.
  •  

     

    Fonte do texto:

    http://www.pitt.edu/~dash/type0402.html#shewolf

    Nota:

    Já li um conto muito parecido, só que no lugar da mulher lobo, é uma mulher foca que aparece – uma selkie.  No conto, ela vai brincar na praia com outras selkies, um pescador as vê e rouba a pele dela. Em posse da pele, ele a obriga a casar com ele. Ela tem um filho e tempos depois ele descobre onde está a pele da mãe dele. Ele indica o local porque fica com pena da tristeza dela. Ela quer voltar pra casa. Ela recupera a pela e volta para o mar. Mas de vez em quando, ele sai de barco e vai falar com mãe dele, que voltou a ser foca.

    Interessante essa lenda, porque nunca vi uma lenda de lobisomem em que ele ou ela, pendura a pele em algum local.

    Mais lobisomens: O Lobisomem de Morbach.

    https://casadecha.wordpress.com/2010/06/01/o-lobisomem-de-morbach/

    Anúncios