O inafundável Sam

Schlachtschiff Bismarck

Navio Bismarck onde o Sam trabalhava

O” inafundável Sam” era um gato que primeiramente de mascote no navio alemão Bismark, durante sua primeira e única missão em 18 de maio de 1941, quando ele partiu na Operação Rheinübung. Ele foi afundado no dia 27 de maio, após uma feroz batalha. Dos seus 2.200 tripulantes, apenas 115 sobreviveram. Depois de horas de busca, um gatinho foi encontrado flutuando nos destroços pelo pessoal do Cossaco. Sem saber o nome que ele tinha antes, eles o batizaram de Oscar.

O gato ficou a bordo alguns meses, enquanto o navio Cossaco realizava missões de  escolta  entre o Mediterrâneo e o Atlântico norte. Em 24 de outubro de 1941, este estava escoltando um comboio de Gibraltar para o Reino Unido quando foi severamente danificado por um torpedo disparado pelo submarino alemão U-563.  A tripulação foi transferida para o destróier HMS Legion, sendo  feita uma tentativa para rebocar o navio de volta para Gibraltar, mas a piora das condições meteorológicas tornou a tarefa impossível e o navio foi abandonado. Em 27 de outubro, um dia após uma tentativa de reboque o navio afundou a oeste de Gibraltar. A explosão inicial arrancou um terço da secção dianteira do navio, matando 159 da tripulação, mas o Oscar sobreviveu.

Depois de tantas tragédias, ele agora tinha sido renomeado para “inafundável Sam” (para ver se dava mais sorte), e trataram de transferí-lo para o porta-aviões HMS Ark Royal, que coincidentemente tinha sido fundamental na destruição de Bismarck. No entanto, Sam foi para não encontrou melhor sorte lá, e quando retornaram de Malta em 14 de Novembro de 1941, este navio também foi torpedeado, desta vez por um submarino U-81. Também foram feitas tentativas de rebocar o  Ark Royal para Gibraltar, mas as ondas gigantescas impediram a tarefal.  O rebocador  virou e afundou 30 milhas a partir de Gibraltar. O ritmo lento em que o navio afundou no entanto fez com que todos, menos um dos tripulantes pudessem ser salvas. Os sobreviventes, incluindo Sam, que havia sido encontrado agarrado a uma tábua flutuante por uma lancha a motor, e descrito como “zangado, mas perfeitamente  ilesoforam transferidos para HMS relâmpago e ao mesmo HMS Lightning e HMS Legion que haviam resgatado a tripulação de Cossaco. O Legion

Algumas autoridades afirmam que a biografia do Oscar pode muito bem ser uma dessas “estórias do mar”, porque, por exemplo, há imagens de dois gatos diferentes identificados como Oskar / Sam. No naufrágio do Bismarck, houve o resgate de um número limitado de sobreviventes, porque ocorreu em condições desesperadoras e navios britânicos receberam ordens para não parar pois se acreditava que um U-boat (classe de submarino) estava na área e muitos sobreviventes humanos foram deixados para se afogar. Não há menção a este incidente do naufrágio no relato detalhado do navio Ludovic Kennedy.

Fontes:

http://www.omg-facts.com/lists/32/8-Bizarre-Facts-About-World-War-II/4

http://en.wikipedia.org/wiki/Unsinkable_Sam

http://www.purr-n-fur.org.uk/featuring/war02.html#oscar

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em agosto 22, 2013, em casos reais, estados unidos, Inglaterra e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: