O Promontório do Troll

O troll do mar

Diz-se acerca de trolls, que gostam de assombrar casas, especialmente se eles estão abandonadas. No vale do Borgardal, no leste da Mykines, há uma casa, onde os pastores costumam descansar, e as ovelhas estão acostumadas a encontrar refúgio durante as nevascas.

Uma noite, um pastor foi preso por uma tempestade em Borgardal. Ele decidiu procurar abrigo na casa, mas quando ele se aproximou, ele ouviu um barulhão vindo lá de dentro.  Olhou pela janela e descobriu que a casa estava cheia de trolls.  Eles pareciam estar dando uma festa, e estavam dançando, enquanto eles gritavam:

“Trum, trum, tralalei,
a terra dos trolls é fria,
é muito melhor aqui nessa casa
no cume de Skálavøll.
Trum, trum, tralalei,
dance perto da porta! “

Mas se supõe que foi ainda pior em Trøllanes, a aldeia mais setentrional da Kallsoy. Toda Festa da Epifania (1) os trolls pipocavam de todos os cantos, e havia muitos deles, que os habitantes tinham que fugir para a aldeia vizinha de Mikladalur, e passar a noite lá. Esses eventos são a razão para o nome da aldeia. Trøllanes significa “O Promontório dos Trolls”.

Uma vez, uma velinha muito feia, não foi capaz de fugir com os outros habitantes. Ela teve que ficar em casa na Festa da Epifania e, então, rastejou para debaixo da mesa na sala de estar, de modo que os trolls não pudessem encontrá-la. Quando anoiteceu os trolls começaram a chegar à casa, e havia muitos deles, que era impossível contar todos. Eles começaram a fazer a  festa e muito barulho, mas quando a festa atingiu seu clímax, a velha estava tão assustada que ela começou a gritar com medo:

“Jesus, me ajude!”

Quando os trolls ouviu o nome abençoado, que ele temiam e odiavam, eles começaram a gritar e disseram:

“Giðja interrompeu a dança!”

Em seguida, os trolls fugiram da casa, e eles nunca mais se atreveram a voltar para a aldeia desde então.

Quando os moradores voltaram de Mikladal eles esperavam encontrar Giðja morta, mas ela ainda estava viva e capaz de dizer-lhes o que tinha acontecido.

Nota:

(1) Festival da Epifania: Festival cristão celebrado no dia 6 de janeiro. Um dos dias sagrados mais antigos do calendário cristão (junto com Natal e Páscoa), o festival teve origem na igreja ortodoxa e foi adotada pelo católica no século 4. Comemora a primeira manifestação de Jesus entre os gentios, representado pela chegada dos três reis magos. A véspera da epifania, chamada Noite de Reis, é fixada para marcar a chegada dos Reis Magos em Belém. Epifania celebra também o batismo (muito tardio) de Jesus por João Batista e o primeiro milagre de Jesus, realizada em Canãa.

Leia mais sobre epifania em:

http://www.cantodapaz.com.br/blog/2009/12/28/tres-reis-natal/

Mais sobre trolls:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Troll

http://wapedia.mobi/pt/Wikipedia:O_que_%C3%A9_um_troll%3F

Mais sobre as Ilhas Faroé:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ilhas_Feroe

http://revistamovinup.com/thatsallfolk/2009/da-escandinavia-e-ilhas-do-norte-ilhas-faroe/

Fonte:  Site – Folclore das Ilhas Faroé

http://www.tjatsi.fo/index.php?sprog=&side=b763ca59d797cd1600e5c1105522ea69

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em junho 2, 2010, em contos, europa, Ilhas Faroe, lendas, seres míticos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: