Rembrandt e a Teoria da Conspiração

O aluno

Há algum tempo, vi um documentário na Tv Cultura sobre os grandes pintores da humanidade, entre os episódios havia um sobre Rembrandt, pintor famoso e “top-de-linha” no século 17, na Holanda… Qual foi minha supresa quando em uma determinada parte, disseram que ele tinha um discípulo muito talentoso e que segundo as línguas da época, pintava tanto ou melhor que o próprio Rembrandt… Sempre que ouvia falar de Rembrandt, ouvi que ele tinha discípulos que só o imitavam, tanto é assim que muitas obras atribuídas a ele, na verdade seriam de algum aluno seu.

Mas esse caso é diferente, Carel Fabritius, o aluno tinha alcançado ou superado o mestre…

O mestre

Fabritius nasceu em Beemster polder, era filho de um professor. O nome artístico, fabritius, veio de sua antiga profissão, no caso o nome fabritius significa carpinteiro. Na década de 40, do século 17, ele se tornou aluno de Rembrandt, junto com seu irmão Barent Fabritius. No começo da década de 50, ele se mudou para Delft.

A principal diferença entre as pinturas do mestre e dele é que Carel preferia fundos mais claros e pinceladas mais delicadas.

Mas uma explosão na cidade de Delft, que ficou conhecida como “Delft Thunderclap” ou o Trovão de Delft acabou com os sonhos de Carel. Era o dia 12 de outubro de 1654, quando um armazém de pólvora destruiu um quarto da cidade. Morreram mais de mil pessoas e outras milhares ficaram feridas.

Eram 30 toneladas de pólvora estocadas  num armazém de um antigo convento no distrito de Doelenkwartier district.  Cornelis Soetens, o vigia, abriu o local para checar uma amostra da pólvora e uma grande explosão se seguiu. A tragédia só não foi maior porque boa parte da população estava visitnado uma feira em Schiedam ou em HagueCarel Fabritius foi ferido na explosão e morreu dias depois. Egbert van der Poel pintou vários quadros mostrando a devastação.

Logo pensei: “e se Rembrandt tivesse dado um jeito de explodir com o discípulo”… Afinal, ele ganhava  muito dinheiro com as pinturas, estava no auge, e concorrência pode ser péssimo para os negócios…

Eu sei que se trata de um delírio, mas nada impediria de ser real. Já vi muitas estórias até piores que essa. E não se sabe o que se  passa na cabeça de alguém. De qualquer forma, o trágico incidente foi ótimo para o mestre, já que ele passou a monopolizar as atenções de novo…

Além disso, por coincidência, a maior parte da população tinha ido para cidades próximas, para passear em feiras ou mercados, então o efeito de uma explosão não seria tão terrível assim. Seria pior se a cidade estivesse apinhada de gente… Se alguém estivesse planejando algo do gênero, talvez achasse que essa seria a melhor ocasião…

The Goldfinch

Apenas 12 de suas pinturas sobreviveram para servirem de testamento para ele. Carel poderia ter sido um dos mais pintores da Holanda ao lado de Rembrandt, e  sua morte permanece envolta em um mistério.

Fonte: en.wikipedia.org/wiki/Carel_Fabritius

Outros links:

www.artcyclopedia.com/artists/fabritius_carel.html

http://www.artcyclopedia.com/artists/fabritius_carel.html

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em março 23, 2010, em europa, holanda e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: