Os Cães Que Eram na Verdade Serpentes

Luar sobre a Baía de Hobart

Bahloo, o deus da lua, esperou até que todos estavam dormindo antes de levar seus três cães para um passeio. Bahloo era um sujeito simpático, muito querido por todos os seus companheiros, mas o mesmo não podia ser dito de seus cães. Foi por isso que ele costumava escolher as horas de escuridão para exercitá-los.

Às vezes Bahloo saia durante o dia. Todos nós viamos a sua face redonda e brilhante velejando através do céu da tarde. Foi num dia como esse que Bahloo estava levando seus cães através do matagal, quando ele chegou num riacho muito largo. Um grupo de homens estava acampado na margem.

“Um dia muito agradável,” Bahloo disse. Todos sorriram quando viram o seu rosto redondo. “Bem dito, Bahloo”‘, eles gritavam. “Por que você veio aqui? ”

“Estou levando meus cachorros para passear, mas agora eu quero atravessar para o outro lado do rio. Vocês podem atravessá-los para mim? ”

“Não”, gritaram em uníssono. “Não, não vamos tocar seus cães, Bahloo. ”

“Por que isso?” perguntou a Lua.

Ninguém lhe respondeu.

“Ora, vamos! Se vocês não vão me ajudar, vocês devem me dizer por quê. ”

Um, mais corajoso que os outros, falou em nome de todos eles.

“Bahloo, todos nós admiramos você. Nós faríamos tudo por você, menos nos aproximar de seus cães. Eles não são perigosos par você, mas se nós os tocarmos eles nos matarão. ”

Bahloo estava irritado.

“Eu fiz um pedido simples”, disse ele,” e vocês recusaram. Vejam! ”

Ele pegou um pedaço da casca do tronco de uma árvore e jogou no rio. Ela afundou, e então subiu à superfície.

‘Vocês viram a casca? Se vocês fizerem como eu lhes pedi, você serão como aquele pedaço de casca quando vocês morrerem. Vocês vão voltar para a vida na terra novamente, assim como eu morro e vivo novamente em minha casa no céu. Mas se você desobedecerem – vejam de novo! ”

Ele jogou uma pedra na água. Não houve necessidade de lhe dizer mais nada, pois seu significado era claro para todos.

Crotalus scutulatus

“Oh, Bahloo, nós te amamos, e temos medo de você, mas temos mais medo ainda de seus cães. Eles não são realmente cães. Eles são cobras – a serpente tigre, a serpente mortal e a cobra marrom. Cada um tem dentes de veneno que não ousamos tocá-los. ”

“Então, quando vocês morrerem vocês permanecerão mortos. Seus corpos perderão sua carne, e, no final, seus ossos se desintegrarão em poeira.

Com estas palavras soando em seus ouvidos, ele pegou as cobras, que ele chamava de seus cães, envolveu-as em volta do pescoço com suas caudas caídas sobre os ombros e enroladas seus braços, e entrou na água.

Depois disso nunca Bahloo nunca mais conversou com o povo da terra novamente, mas vingativamente enviou seus “cães” para atormentá-los. Onde quer que estivessem, os homens as matavam, mas era inútil, pois Bahloo estava sempre observando, e enviando outras cobras para lembrá-los de suas palavras terríveis sobre a morte.

Fonte:

http://www.artistwd.com/joyzine/australia/dreaming/dogs_snakes.php

http://en.wikipedia.org/wiki/Bahloo

Nota:

Uma lenda aborígene conta como Yhi, a deusa do Sol e da luz, courtejou Bahloo, mas ele recusou suas propostas. O mito diz que até hoje Yhi está correndo atrás de Bahloo, atravessando os céus procurando por ele. Yhi ameaçou os espíritos que governam o céu que se deixassem ele escapar para a Terra, iria punir o mundo com trevas eternas.

Apesar disso, Bahloo é visto caminhando sobre a Terra algumas vezes nos mitos aborígenes. Um desses mitos é o descrito acima, que explica a inimizade entre homens e cobras, assim como na mitologia cristã, na estória do Jardim do Éden.

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em março 23, 2010, em austrália, contos, lendas, seres míticos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: