O túmulo de Red Mike

Glen_coe

Glen coe

“Red Mike, sua excelência, era o único filho da viúva O´Flaherty. Ele era um ser estranho desde seu nascimento, e isso não é de se admirar, porque a primeira coisa que viu foi a luz entre o crepúsculo e o anoitecer no dia do Halloween(1). Dizem que se um beber nascer nessa noite ele poderá ser possuído por algum espírito ou coisa maligna;  o que pode até não ser verdade,  estou certo de que não se é capaz de dizer que tais coisas são verdade ou não, mas devo dizer que Mike O’Flaherty era diferente dos outros desde o começo.

Ele estava sempre pronto para jogar, ele nunca fazia algo de bom, ou pelo menos nunca ouvi que fizesse. Ele mentia e quebrava promesas feitas para homens e mulheres, contava com má reputação entre padres e magistrados. Assim viveu até que atingiu a maioridade aos vinte anos,  quando o julgamento de Deus veio sobre ele.

Em um dia de Halloween esta estava na casa dos  Flannigans, perto de Glen Creachan (2). Ele estava cortejando Mary Flannigan, embora cada um de nós soubessémos que ela não “dava duas palhas” (3) por ele, mas amava perdidamente a  Larry O’Rourke, um carregador de Limerick (4). Bem, era o costume nessas festas as crianças correrem no campo de repolhos por diversão e pegarem um talo de repolho dando nome de pessoas conhecidas. Feito isso, eles dançavam ao redor do lugar, gritando:

“Um, dois, três, um até sete;
Se todos são brancos, todos vão para o céu;
Se um é negro como o mal de Murtagh,
Ele vai em breve vai gritar com o diabo”.

“Não, meu senhor”, respondeu O’Hara à minha pergunta,” Eu não sei o que significa o mal de Murtagh, e nem mesmo o que significa Murtagh”, nem ninguém no nosso tempo sabia  de qualquer maneira – eu mesmo cantei esses versos quando era um guri. Bem, como eu estava prestes a dizer-vos, os filhos de Flannigan’s, tendo terminado sua canção, correram para a casa e pediram para todos verem seus talos.

Flannigan puxou o talo do repolho, e a senhora Flannigan o dela, e o jovem Tim Flannigan, e  a senhora dele, e a linda Mary Flannigan o dela,  e  Larry O’Rourke o dele, até que veio a vez de Mike O’Flaherty. As hastes de todos os outros tinham saído brancas e puras, mas quando a Red Mike puxou a sua, era preta e tinha vermes e lesmas, e um mau cheiro terrível. Larry O’Rourke riu, e Mary Flannigan gargalhou e outros ficaram preocupados. Mike olhou para ele por um momento, mais parecendo touro louco (5) mas não um cristão.  Então ele levanta e diz: ” Vocês podemrir, mas não vão rir por muito tempo, e você pode zombar, Mary, mas ainda vai chorar muitos dias, quando o seu amado estiver debaixo da terra, como ele vai estar antes desse ano terminar. Quanto a você, velho Flannigan, você e seu filho e tudo que vocês tem será amaldiçoado desde esse dia em que vocês zombaram de Rede Mike, assim como vocês me chamam. Vocês esquecem que nasci no Halloween! Eu tenho o dom da visão, simm eu tenho, e nesse dia minha maldição vai cair sobre quem eu escolher. O que mais Red Mike falou eu não sei, mas nesse momente o padre O’Connor veio até onde todos estavam em pé”. “Maldições virão para quem aqui pernoitar “, disse ele para O’Flaherty, nuam voz decidida ele disse” você é quem vai sofrer, Mike O’Flaherty, mais ninguém aqui. Vá embora ou vou amaldiçoar você! ”

“Eu vou quando quiser, padre  O’Connor”, disse Red Mike indiferente. Nesse momento, o padre puxou um crucifixo da batina, dizendo para O’Flaherty que mesmo que ele estivesse em conluio com o diabo, ele não poderia enfrentálo. Mike deu um uivo como uma besta selvagem, virou-se e correu para o vale tão rápido quanto podia. O velho Thady King, o encanador (agora morto, que Deus a sua alma!), estava atravessando o pântano, naquela noite, e viu Red Mike dançando e gritando como um louco, em seu medo mortal.

“Mike! Mike! ” chorou o velho Thady, mas O’Flaherty não prestou atenção nele, e continuou uivando e às vezes gritando: “Meu tempo acabou! Meu tempo acabou! ” De repente, virou e correu como o vento, deu um grande salto, e desapareceu no chão como se ele tivesse pulado no mar.

Nada mais se viu de Red Mike, pelo menos como homem.

E é por usso que o grande pântano lá distante é chamado de túmulo de Red Mike.”

Notas:

(1) O Halloween ou All Hallows E´ven ou Hallowmas Eve siginifica Véspera de Todos os Santo;

(2) Glen: gaélico escocês gleann, e do irlândes clássico glenn; significa vale profundo e pequeno.

(3) “não dava duas palhas” (didn´t care two straws): não estava nem aí para ele.

(4) Limerick é um condado da Irlanda.

(5) no original “more like a mad bull or a haythin Turk”… Ou seja, mas como um touro louco ou um “haythin” turco; não consegui traduzir haythin e a frase sendo um tanto preconceituosa e possivelmente ofensiva, deixe-a de fora da traduação final. Basta saber que ele deve ter ficar vermelho de ódio!

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em outubro 29, 2009, em contos, europa, lendas e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: