O fantasma de Ruthven Barracks

800px-Ruthven_Barracks

À medida que você desce a Rua Queen e você vê Ruthven Barracks (Barrack significa quartel), você poderá ver o fantasma que aparece todo dia 1 de setembro e anda por toda a área, que muito antes do edifício se construído, foi acidentada e cheia de cardos. A construção desse local foi ordenada após a batalha de 1746, com o objetivo de melhor vigiar o sul da Escócia. Também é dessa época a abolição do uso do kilt, visto que ele era considerado um dos símbolos dos orgulhosos highlanders.

Use a imaginação e volte para o tempo da Batalha de Culloden, para o Pântano de Drumossie. Era 16 de abril de 1746. O dia estava triste. Uma neve fina era soprada por um vento forte. A batalha estava terminada em poucas horas. Os highlanders famintos, sobre o comando de Lord George Murray, estavam exaustos por causa da longa marcha antes da batalha. As cartas que ele escreveu para sua mulher e filha diziam que suas forças não eram páreo para o “casaca vermelhas” do duque de Cumberland.

Três filhos de MacGregor Callum, James & John de Glengairn estavam servindo no regimento de Monaltrie. John, de 16 anos, estava ferido no campo e foi morto pelos ingleses, enquanto seus irmãos observavam tudo de um esconderijo sob as árvores. No caminho para casa James morreu, deixando Callum sozinho. Ele era um homem bonito, bom espadachim e tinha uma faca. Ele era casado com uma moça chamada Nettie, mas poucos sabiam de seu casamento porque ela não era católica como os MacGregors.

Eles tinham o costume de se encontar em um bosque onde hoje se encontra Ruthven Barracks e Callum prometeu que ele voltaria lá,. Toda noite, uma hora antes da meia-noite, ela esperava por ele.

Depois de Culloden, casas foram incendiadas, inclusive o lar dos Macgregor em Glengairn. Ballater não existia nesta época. Nettie visitava o bosque regularmente, trazendo sua filhinha com ela. Ela ficou mais esperançosa quando alguns highlanders começaram a aparecer no lugar. Ela ouviu que Callum estava vivo. No dia 1 de setembro ela esperou por quase uma hora. Dois soldados apareceram: um a segurou e outro roubou seu bebê. Ela gritou – e coincidência – Callum apareceu de um esconderijo nos arbustos.


Exausto e ferido, ele enfrentou o primeiro soldado e finalmente o matou. Enquanto isso sua esposa gritava e batia com as mãos no outro soldado. Este usou sua espada contra ela. Callum lutou contra ele e foi vitorioso. Ele segurou sua esposa moribunda em seus braços e jurou que ele encontraria sua filha mesmo que isso levasse toda a eternidade. Mais soldados apareceram e Callum acabou decapitado.


Cada dia 1 de setembro um highlander sem cabeça aparece, louco de fúria, cabelo em desalinho e desarrumado, com seu kilt e claymore (espada) ensaguentados, várias feridas sangrando. Ele volta para o lugar onde sua esposa morreu. Ela vêm também – com suas vestes cobertas de sangue – para encontrar seu marido. Eles se abraçam e permanecem no local – agora Barracks – até as primeiras horas da manhã, então eles vão embora à procura de seu bebê.

De acordo com a lenda, um piedoso soldado resgatou a criança e a devolveu para seus avós. Há um registro de uma criança chamada Euphemia Gordon, nome da mãe de Nettie.

fontes:

http://www.mysteriousbritain.co.uk/scotland/invernesshire/hauntings/ruthven-barracks.html

http://www.undiscoveredscotland.co.uk/ballater/ballater/index.html

fotos:

http://travel.webshots.com/album/77977625KrBrrp


Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em setembro 25, 2009, em contos, estados unidos, Inglaterra, lendas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: