Canibalismo e Poder

Uma da grande perguntas para quem assiste ao seriado Heroes, desde que vilão Sylar  (Zachary Quinto) fez sua aparição é: Ele é canibal? Ele come o cérebro de suas vítimas?

Sylar (o verdadeiro nome é Gabriel Gray). Um dia ele descobriu que poderia absorver a habilidades de outros “heroes” quando comia o cérebro destes… Apesar da se supor isso, nunca se viu uma cena em que ele “canibalizava” alguém. Porém quem assiste ao seriado vê que sempre que ele mata alguém a caixa craniana está aberta, mas parecendo que ele realmente praticou o canibalismo com a finalidade de se tornar mais poderoso.

sylar

Depois de algumas temporadas a personagem Mohinder concluiu que Sylar, ao examinar o cérebro das vítimas,  descobria a conexão do cérebro com o poder, assim absorvendo a habilidade das vítimas. O fato de ele ser um relojoeiro habilidoso é uma metáfora para a sua habilidade de absorção de poderes.

Mas essa idéia de comer partes humanas para sugar poder, coragem  e habilidade é nova?

Na verdade, além de usar a carne humana para matar a fome, em casos de extrema necessidade  há o canibalismo ritual, que pode ser praticado tanto pelo amor ao morto, como nos casos dos Wari no Brasil, como para adquirir o seu poder.

Nesse casos o consumo de partes humanas traria habilidades especiais a quem consome, como no caso dos “homens-leopardo” africanos. O culto ao leopardo é praticado desde  Egito Antigo, o leopardo era associado com o Deus Osíris e para muitos tribos africanas ele é um totem poderoso, que seria o guia dos mortos para outra vida.

Na África, o culto ao leopardo era praticado principalmente em Serra Leoa e Nigéria. Os membros do culto matavam suas vítimas com facas e garras de aço. Depois bebiam o sangue na frente dos outros membros. Eles acreditava que consumindo a carne e o sangue eles ganhariam superpoderes e poderiam eles mesmos se transformam em leopardos. Comer a carne de um inimigo era um meio de absorver a força vital ou o espírito deste, quanto mais corajoso mais valorizada a carne. No século 20 o culto ainda existia. Houveram várias matanças, durante a Primeira Guerra Mundial e em 1946 eles mataram 48 pessoas em um só ano.

Fora os casos citados, há várias culturas que acreditam que praticar canibalismo seria uma forma de adquirir poderes….

No caso do vilão mais amado de Heroes, talvez não seja uma verdade. Mas sabiamente os roteiristas insinuaram esse que é um dos maiores tabus da humanidade.

Notas:

Canibal:

O termo canibal deriva de Carib ou Caniba, uma tribo que supostamente praticava o canibalismo. Esse costume é muito antigo na estória humana, e tem sido encontrado entre várias pessoas na maior parte dos continentes.

O canibalismo é um assunto considerado tabu, mesmo entre os antropologistas. Quando os europeus colonizaram as Américas, eles diziam que o canibalismo era a expressão da selvageria dos povos que viviam aqui, e isso servia de justificativa para usar métodos violentos para subjugar esses povos. Por isso o papa Inocêncio IV tratou de dizer que era pecado e dizendo que todos aqueles que fossem canibais podiam ser escravizados…

Mas os próprios europeus praticavam um tipo de canibalismo. Haviam remédios feitos de sangue, que era usado para epilepsia e partes humanas (de criminosos executados) eram ingredientes para remédios contra artrite, dificuldade de reprodução e outras. Muito popular era improtar parte de múmias para a produção de medicamentos.

Canibalismo por escassez de comida:

O canibalismo pode acontecer por diversas razões, entre elas o homem pode atacar outro pela falta de outra presa. Isso aconteceu em várias ocasiões durante a estória.

Foi comprovado que durante a grande fome no Egito no ano 1064-1072 antes de Cristo. Os cruzados praticaram o canibalismo após o cerco de Ma’arrat al-Numan em 1098.

Na Europa, haviam relatos de casos de canibalismo no século 14, mas eles eram sempre desacreditados. Mas quem pode afirmar que não eram verdadeiros? O homem quando acossado pela fome, acaba por esquecer o que é socialmente aceitável e pode retornar ao canibalismo. Isso seria uma questão de sobrevivência. Por isso, a fome é sempre motivo para comer carne humana.

Nos tempos mais modernos, houveram dois casos famosos de naufrágio e prática canibal: s sobreviventes do navio francês Medusa em 1816 praticaram o canibalismo após quatro dias à deriva. Assim como os sobreviventes do balleiro Essex também concordaram com a prática.

Nos Estados Unidos, em 1870, Alfred Packer matou e comeu seus companheiros de viagem. Ele acabou sendo solto por falta de provas, mas muito tempo depois a evidência forense provou que ele realmente tinha cometidos os crimes.

Durante a Segunda Guerra Mundial, foram citados muitos casos de canibalismo entre outros entre os russos e japoneses. Na União Soviética, devido ao isolamento provocado pela guerra, muitas aldeias ficaram sem abastecimento de comida. Houveram relatos de corpos de pessoas achados sem partes da carne. Também há o casos dos militares japoneses que executaram e comeram prisioneiros norte-americanos.

Um dos casos mais famosos é do time de rúgbi uruguaio, que após a queda do avião nos Andes foram obrigados a comer carne humana. Nesse caso, até o papa os perdoou.

Links:

http://en.wikipedia.org/wiki/Carib

http://exploration.vanderbilt.edu/news/news_cannibalism_pt2.htm

http://www.unexplainedstuff.com/Secret-Societies/The-Leopard-Men.html

http://www.warriors.egympie.com.au/cannibalism.html

http://www.experiencefestival.com/cannibalism_dictionary

http://en.wikipedia.org/wiki/Cannibalism

http://en.wikipedia.org/wiki/Sylar

http://www.zacharyquinto.com/

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em setembro 15, 2009, em africa, alemanha, Brasil, contos, dinamarca, estados unidos, europa, Inglaterra, japão, lendas, Segunda Guerra Mundial e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: