Murgen – Uma Santa Sereia?

Mesmo antes dos marinheiros se lançarem às águas do mar, as sereias fazem parte do imaginário coletivo. Elas podem ser tanto seres encantadores como demônios.

Colombo afirmou que viu três sereias em sua primeira viagem para as Américas. Em 4 de janeiro de 1493, o capitão diz ter observado no mar formas femininas encantadoras e registrou no seu diário. Provavelmente eram golfinhos ou manatis, afinal um dos livros favoritos era o “Imago Mundi” do Cardeal Pieere D´Ailly onde eram descritos o mundo desconhecido como cheio de amazonas, selvagens com cara de cachorro, pigmeus e gigantes. Nessa época haviam muitos relatos fantásticos sobre os lugares do mundo que os europeus ainda não haviam chegado.

Como os marinheiros passavam muito tempo no mar, não era difícil povoar a imaginação com seres fantásticos provindos de sua solidão, cansaço e das estórias ouvidas no porto. Mas não devemos esquecer de que não há somentes estórias de marinheiros a respeito de sereias.

Para o dramaturgo espanhol Tirso de Molina, as sereias (sirens) são ‘metade mulher, metade peixe”. Em seus dicionário clássico, Lempriere as chama de ninfas,; para Quicherat’s, eles são monstros, e para Grimal’s, demônios.

Aqui chegamos na lenda da sereia Murgen, que foi capturada no norte do País de Gales e, em certos calendários antigos é referida com o nome de Santa Murgen. Essa lenda é uma das mais bizarras dentro do catolicismo, mais ainda que aquela à respeito da cabeça de cachorro de São Cristóvão. Ela é mencionada nos Anais do Reino da Irlanda, do século dezessete, como Santa Murgen de Inver Ollarba. Antes de mais nada é preciso esclarecer que na verdade ela não é reconhecido como santa pela igreja Católica.

Alguns estudiosos afirma que há uma confusão com relação ao termo, que foi levado muito literalmente com o passar do tempo, na verdade os termos mer-man and mer-woman se refeririam aos homens e mulheres que viveriam em lugares muito isolados como a Ilha de Iona, Caldey, ou Skellig. Talvez a mencionada Murgen tenha sido uma ermitão vivendo numa dessas ilhas e que acabou “virando uma sereia” como modo da população ou dos abades locais chamar a atenção para si e acabar ganhando uns fiéis no processo.

Murgen começou a vida como uma garota chamada Liban. Ela parece ter tido a mistura de humano com Daoine Sidhe. Um dia ela estava perto de mar e acabou sendo arrastada para uma caverna, junto com seu cachorro. Ela pediu a uma deusa que a ajudasse, transformando-a em peixe para sair de lá nadando. Ela foi atendida, só que a deusa transformou só metade dela em salmão e o cachorrinho virou uma lontra.

Segundo outra lenda, em 390 ou 558, um navio que iria para Roma a tirou do mar. O clérigo Beoc, estava a bordo, e ela implorou a ela para deixa-la em Inver Ollarba. Após alguma disputa, ela acabou indo para a paróquia de Beoc e dada a ela duas escolhas: ou ela seria batizada, morreria e iria direito para o Céu ou viveria mais trezentos anos como sereia e depois iria para o Céu. Ela escolheu a primeiro opção e a ela foi dado o nome de Murgen (nascida do mar). Dizem que a igreja de Beoc ainda é um lugar de muitos milagres.

E apesar de meus esforços, não consegui localizar nenhuma referência na internet a respeito dessa igreja, digo fotos ou um link que comprovasse que a igreja existe realmente. De acordo com os textos, só sei que fica na Irlanda.

http://forums.catholic.com/showthread.php?t=24304

http://members.cox.net/mermaid31/merhist.htm

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em setembro 11, 2008, em europa, lendas e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: