Como Emu perdeu suas asas

Dinewan o emu, sendo a maior ave, foi reconhecido como rei pela outras aves. O Goomblegubbons, os bustards, ficaram com ciúmes dos Dinewans. Mais ciumenta ficou Oomblegubbon, a mãe.Ela observava com muita inveja o vôo poderoso dos Dinewans, e sua corrida rápida. E ela sempre se queixava que a mãe Dinewan jogava sua superioridade em sua cara. Sempre que Dinewan parava perto de Goomblegubbon, após um longo e alto vôo, ela batia suas grande asas e começava a ovacionar-se em seu orgulho, mas não com um pio alto de ave macho, mas um baixinho, triunfante e satisfeito pio próprio dela mesma e que nunca deixava de irritar Goomblegubbon quando ela ouvia.

Goomblegubbon imaginava como ela poderia pôr fim ao reinado de Dinewan. Ela decidiu que ela só seria capaz de fazê-lo ferindo suas asas e acabando com a sua capacidade de vôo. Mas a questão era como pôr em prática o objetivo. Ela sabia que nada teria a ganhar arrumando uma desavença com Dinewan e lutando com ela, afinal ela não teria chances contra um Emu. Ela não teria como ganhar com uma luta aberta, então ela teria de dar um jeito por meios ardilosos.Um dia, quando Goomblegubbon viu Dinewan lá longe na estrada, vindo em sua direção, ela se agachou e dobrou em suas asas, de tal forma que ao olhar para ela parecia que ela não tinha asa.

Após Dinewan ter conversado com ela durante algum tempo, Goomblegubbon disse:“Por que vocês não me imita e fica sem asas? Todo pássaro voa. Os Dinewans, para serem os reis das aves, deveriam faze-los sem as asas. Quando todos os pássaros verem que eu posso fazer sem asas, eles vão pensar que sou eu o mais esperto e vão me fazer rei “.

“Mas você tem asas”, disse Dinewan.

“Não, eu não tenho asas.” E, em verdade, ela olhou como se suas palavras fossem verdadeiras, enquanto se agachava na grama. Dinewan foi embora e após algum tempo, e pensou muito no que ela tinha ouvido. Ela falou tudo com o seu companheiro, que ficou tão perturbado como ela estava.

Eles puseram na cabeça que nunca iriam deixar os Goomblegubbons reinar em seu lugar, mesmo se tivessem de perder as suas asas para salvar seu reinado. Até que eles decidiram pelo sacrifício de suas asas. O Dinewan mãe persuadiu seu companheiro mostrando o seu exemplo cortando as dela com uma pedra (machado tomahawk) e, em seguida, ela fez o mesmo com as asas dele.

Sobre shironaya

web 2.0 addict, crazy about legends, stories, drawing, cinema, painting. adoro web 2.0, lendas, estórias, desenho, cinema, pintura.

Publicado em março 24, 2008, em austrália, contos, lendas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: